Nem sempre os filhos conhecem a identidade de seus pais. Pode acontece que o pai da criança não tenha a vontade de reconhecer o filho, ou até mesmo não tem a certeza de que é o verdadeiro pai.  Neste último caso, é possível realizar um procedimento conhecido como reconhecimento de paternidadepaternidade, a través deste procedimento é possível reconhecer e certificar a identidade real do pai.

No momento em que a criança nasce, a mãe pode realizar o registro do bebê no Cartório. Se isto acontecer, e a certidão de nascimento vai ser emitida apenas em seu nome, o próprio escrivão do Cartório pede os dados do suposto pai para a mãe. Além disso, são exigidos os motivos para a criança não ser inscrita em nome dos dois.

Após ser encaminhado para o pai um ofício para o Fórum, com o pedido de abertura do processo de reconhecimento, se espera que o pai possa comparecer. Se isto não acontecer, o pai será chamado para prestar depoimento, sendo transladado para o meio judicial.

Pode acontecer também, que a mãe da criança seja quem entre com o pedido de reconhecimento da paternidade. Este reconhecimento pode ser feito pela mãe quando o filho ainda é criança ou pelo filho se tiver mais de 18 anos.

Se o filho é reconhecido de forma voluntaria pelo pai, é realizada uma investigação  com provas, testemunhas e audiências.

O teste de DNA também pode ser realizado no caso que a petição de reconhecimento de paternidade seja feita por alguém com as condições econômicas para as despensas necessárias.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s