No mês de julho caíram as arrecadações de impostos e contribuições federais. Essa queda se deu novamente no primeiro semestre do ano. A Receita Federal divulgou um relatório nas passadas semanas do mês de agosto, o montante somou R$ 104,868 bilhões no mês, o que da e mostra uma queda real de 3,13% em relação ao ano passado, 2014. No acumulativo dos meses de janeiro a julho de 2015, a sociedade brasileira pagou o equivalente a R$ 712,076 bilhões em tributos federais – uma retração de 2,91% na comustbefunnymparação com o mesmo período do ano passado.

Segundo os dados apresentados pelo Fisco, o total mensal é o pior para o período desde 2010. No mês de julho do ano 2010 o total da arrecadação de impostos alcançou um total de R$ 97,047 bilhões.

Já o número acumulado, desde 2010, é o mais baixo, quando os tributos federais somaram R$ 643,634 bilhões entre janeiro e julho.

Foi justamente esta fraca atuação no arrecadamento a principal causa responsável pela decisão que a equipe econômica tomou para reduzir a meta de superávit primário de 2015. O valor baixou do total de R$ 66,3 bilhões, ou pouco mais de 1,0% para R$ 8,7 bilhões, ou 0,15% do PIB, (Produto Interno Bruto, que é a soma de bens e serviços que são produzidos no país).

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s