É muito comum hoje em dia que muitos dos serviços e produtos tenham promoção pela internet. Por isso muitos dos compradores escolhem suas compras sem conhecer verdadeiramente os produtos e serviços que elegem.

propaganda enganosaNeste sentido, o que acontece, é que após receber sua compra ou chegar ao local de hospedagem às expectativas do cliente são totalmente diferentes à realidade.   O que acontece é que alguns desses usuários optam pela reclamação via web, utilizando sites ou mesmo as redes sociais.

Se esse for o casso é necessário pensar bem a escolha e considerar as opções e dificuldades que isso pode trazer. O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor, conhecido como IDEC, tem um guia com algumas dicas para o consumidor. O IDEC orienta que a realização de reclamos seja feita pelos meios oficiais das empresas. O grande perigo de fazer acusações e reclamos é que eles devem ser acompanhados de provas dos fatos que alega.

Segundo o assistente de relacionamento com associados do IDEC, “esse tipo de acusações com provas são para não receber posteriormente uma acusação da prática de calúnia, difamação ou injúria, assim como também para não configurar a violação do direito de imagem da empresa”.

Segundo a coordenadora do PROCON de Belo horizonte, o consumidor tem o direito de fazer reclamos, em caso especial nos momentos que a situação configure propaganda enganosa em relação aos produtos ou serviços oferecidos pela empresa fornecedora.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s