No passado domingo 19, dia em que foi convocado o movimento pelo impeachment da presidenta Dilma Rousseff, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso criticou o acontecimento. Suas declarações foram feitas depois de um debate com outros ex-presidentes da América Latina no 14° Fórum de Comandatuba. Este é o maior evento empresarial do país.

Questionado se a presidente pode ser responsabilizada pelas “pedaladas” fiscais, a utilização de recursos dos bancos públicos para inflar impeachmentos resultados fiscais e melhorar as contas da União, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso também rechaçou a ideia. Ele se posicionou em contra das acusações sem fundamento: “É especulação dizer que Dilma pode ser responsabilizada pelas pedaladas”.

Segundo o senador Cunha Lima, contrário do que foi dito pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Dilma incorreu em crimes de responsabilidade. E citou como exemplo os artigos 11 da lei de improbidade, 4 e 10 da lei que trata de crimes de responsabilidade. “Falo pela bancada que lidero no Senado, que o PSDB está fundamentando o pedido para o impeachment de Dilma.”

Cunha Lima discordou também do presidente da Câmara no quesito da pedalada fiscal. Para o tucano, o procedimento do governo Dilma foi no mandato anterior, mas pode ter efeitos de contaminação na atual gestão. Também lembrou que no passado, em mandatos anteriores já aconteceu que muitos prefeitos foram afastados por atos do gênero. E frisou: “Não faltará coragem à oposição do Brasil para construir um País melhor”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s