A segurança nos estádios brasileiros na Copa do Mundo é um tema muito importante nestes meses prévios ao inicio da competição. Tudo tem que estar preparado e as prevenções de segurança são parte imprescindível dos preparativos para assegurar que o evento será uma festa esportiva pacífica e segura. Contudo, esses padrões de segurança também servirão de modelo para as competições nacionais.

  O modelo qusegurança nos estadios brasileirose atualmente tem sido implementado nos grandes eventos esportivos no país, tem a visão de servir como referencia para reduzir os atos de violência nos estádios do Brasil tanto na Copa do mundo e nas celebrações nacionais e continentais.

  Novas ações prioritárias estão sendo definidas nas reuniões das autoridades responsáveis da FIFA, do governo brasileiro e das instituições esportivas envolvidas, para garantir uma melhor segurança dos torcedores.

   Algumas das medidas que se adotaram para melhorar a segurança foram medidas e aplicadas com sucesso na Copa das Confederações. Demonstrando a efetividade dos processos de segurança.  A integração das áreas de inteligência, forças de segurança, e as guias de procedimento em arenas dotadas de centros de comando e controle e câmeras ajudaram no controle dos torcedores e de tudo o que acontecia dentro e fora dos campos esportivos.

    Para garantir tranquilidade dentro e fora dos estádios, se procura a que de forma conjunta atuem agentes públicos e privados, com objetivo de prover uma segurança mais efetiva para todos que participem do evento. O governo federal procura um estatuto para normatizar a atividade de segurança privada.

  Existe uma serie de protocolos e instrumentos pré-estabelecidos que foram testados no ano passado durante a Copa das Confederações. Esses instrumentos e protocolos já garantiram uma melhora considerável nos padrões de segurança.

  Ainda se trabalha e se pensa na melhoria dos protocolos de segurança e nas ações prioritárias nesse sentido: Uma guia de segurança em eventos esportivos, na efetivação total do cadastro de torcedores impedidos de frequentar os estádios, orientação aos estados para criar juizados especiais do torcedor, maior responsabilização dos clubes pelos atos de violência cometidos por seus torcedores, melhoria dos equipamentos de segurança dos estádios, e outras medidas de segurança que ainda estão na agenda do governo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s